ESTUDO BÍBLICO 2CRÔNICAS 7.14

Blog de so-jesus-salva :SÓ JESUS CRISTO SALVA, ESTUDO BÍBLICO 2CRÔNICAS 7.14

 

"...Se o meu povo..."

             A expressão que serve de título a este artigo foi extraída de 2Crônicas 7.14. Faz parte da resposta que Deus deu ao rei Salomão, que orava ao Senhor, dedicando o grande e suntuoso templo de Jerusalém. Salomão, nessa dedicação, derramara a sua alma diante do Senhor. Suplicara o favor do céu sobre o POVO DE ISRAEL, que era o POVO de Deus, e portanto, precisava do poder divino, da sua presença, da sua maravilhosa graça.

            Como diz a Bíblia, o Senhor apareceu a Salomão em sonho e lhe disse: "Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra". Maravilhosa promessa de Deus! E tremendo fardo de responsabilidade o Senhor colocava sobre os ombros do seu POVO.

            A promessa foi feita diretamente a Israel. POVO PECULIAR de Deus, NAÇÃO SANTO, POVO ESCOLHIDO e HERANÇA DO SENHOR. Israel foi escolhido povo de Deus na promessa feita a Abraão (Gênesis 17.16): "Abençoá-la-ei, e dela (Sara) te darei um filho; sim, eu a abençoarei, e ela se tornará NAÇÕES; reis de POVOS procederão dela". De Abraão, a bênção passou para Isaque, e depois para Jacó e os seus doze filhos. Deus acompanhou o seu POVO no Egito, na peregrinação do deserto, na terra de Canaã. E Deuteronômio 7.6 Israel é chamado POVO SANTO; em Deuteronômio 7.15 se diz de Israel: "Bendito serás mais do que todos os povos"; em Deuteronômio 7.16 Deus diz: "Consumirás a todos os povos"; e em Deuteronômio 9.29, Moisés intercedendo por Israel, pede a Deus: "Todavia, são eles o TEU POVO e a tua HERANÇA". E através de todo o Velho Testamento Israel é chamado POVO DO SENHOR. De modo particular, em 2Crônicas 7.14 se diz categoricamente; "O MEU POVO..."

            Ser Israel o POVO DE DEUS era na verdade grande privilégio, mas também tremenda responsabilidade. Todos os povos olhariam para Israel, notando-lhe o procedimento e os feitos. Do seu testemunho e de sua fidelidade ao Senhor, dependia em grande parte a glória de Deus (Mateus 5.16). Ainda mais: as palavras do Senhor a Salomão, apontavam para o futuro:

            1) Após a morte do grande rei, o POVO de Deus entrou por caminhos tortuosos e sombrios.

            2) Brigas e desavenças e terríveis competições vieram sacudir a grande nação e convulsionar o POVO DE DEUS, levando-o à infidelidade àquele que tudo fizera por Israel.

            3) Entregaram-se aos ídolos, às abominações, às imoralidades. Afastaram-se do Senhor. Feriram o coração de Deus com tais práticas. Tornou-se um povo de dura cerviz.

            4) Deus mandou-lhe os profetas, um Elias, um Isaías, um Jeremias e dezenas de outros que, exprobraram os pecados do POVO e apontaram-lhe o caminho do Senhor. Dirigiram apelos e mais apelos a Israel. Por Isaías Deus disse: "O meu POVO não entende..."; por Oseias afirmou: "Lo-Ami", que significa "Não POVO MEU", tal era a tristeza que Deus trazia no seu coração diante da rebelião de Israel. Lembrando-se, porém, das "santas e firmes promessas feitas a Davi", o Senhor voltou a dizer: "Ami", isto é, POVO MEU; e pelo mesmo Oseias o Senhor disse; "Eu os atraia com cordas de homens e com laços de amor" (11.4).

            5) Chegando o reino do Norte a encher o cálice da ira de Deus, o Senhor trouxe sobre Israel a espada assíria, espalhando-os por entre as nações. E pouco mais de um século, Deus trouxe sobre o Reino do Sul, a espada dos caldeus, levando Judá para o cativeiro. Na linguagem de Isaías, apenas um RESTO voltaria para continuar a ser o POVO DE DEUS. E assim ocorreu.

            6) Na plenitude dos tempos (Mateus 1.21) nasceu o SENHOR JESUS (Aquele que Deus prometeu a Abraão: "Em ti serão benditas todas as famílias da terra"), e sua missão seria: "Porque ele salvará os eu povo dos seus pecados". Israel ainda era o seu POVO. Quando Paulo, o apóstolo, pregava nas sinagogas, dizia: "Primeiro do judeu e depois do grego". Sintonizava sua mensagem com as realidades do Velho Testamento, pois de fato a mensagem é uma e a bênção é a mesma. E quando Israel desprezou a Bênção das bênçãos - JESUS, Paulo disse aos judeus (Atos 28.27): "Portanto o coração deste POVO se tornou endurecido, ficai sabendo, portanto, que esta salvação de Deus é enviada aos gentios..." E assim Deus se voltou para os gentios e fez dentre eles UM POVO PARA O SEU NOME" (Atos 15.14).

            E se Deus retirou a sua bênção de Israel por causa da incredulidade e entregou o seu povo à espada, ora de Romanos, ora de papas inquisidores, ora de Hitler, que não fará em juízo e terrível castigo a nós que somos o SEU POVO PECULIAR na presente era? (Hebreus 10.26-31). 1Pedro 2.9 diz: "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o POVO DE DEUS, vós que não havíeis alcançado misericórdia, mas agora a tendes alcançado". Logo, a mensagem de Deus a Salomão nos diz respeito hoje.

            Nós fomos escolhidos em Jesus antes da fundação do mundo para sermos o SEU POVO, A SUA HERANÇA PECULIAR, A SUA POSSESSÃO SANTA. Notem bem a partícula MEU que precede a palavra POVO de 2Crônicas 7.14. Isso no Velho Testamento; e que diremos do Novo? Fomos resgatados na maldição da lei e do pecado, não por coisas corruptíveis como a prata e o ouro, mas pelo PRECIOSO SANGUE DE JESUS CRISTO.  Em 1Coríntios 6.19-20 Paulo exorta; "Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que habita em vós, o qual vos foi dado por Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque FOSTE COMPRADOS POR PREÇO, portanto glorificai a Deus no vosso corpo".

            Somos POVO DO SENHOR. E isso deve despertar em cada um de nós um senso profundo de responsabilidade. Veja cada um como fala, como anda, como pensa, como age. Estará cada um de nós cônscio de seu inaudito privilégio de ter Deus como Rei? Orienta sua vida por essa convicção? Quando Satanás bate à porta do seu coração procurando induzi-lo para o pecado, lembre-se da grande verdade: sou filho do Rei. E o Rei, seu pai, lhe dará forças para vencer a renhida batalha!

Deus escolheu seus servos para, em Jesus, fazer deles um grande povo. E esse povo deve caracterizar-se pela PUREZA de vida, de pensamentos, de atitudes, de mãos, de olhos, de língua, e principalmente de coração. Jesus disse em Mateus 5.16: "Assim brilhe a vossa luz diante dos homens para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus". Muitas vezes vamos pregar o Evangelho a uma pessoa e logo ouvimos: ser crente como fulano e beltrano (membros de igrejas), não vale a pena, prefiro ficar como estou; mas ficar como está significa condenação eterna; mas tias pessoas não deixam de ter razão. Estará cada um de nós, perto ou longe do Senhor? Obedecendo à sua voz, ou desobedecendo? Amando ou odiando? Fazendo brilhar a sua luz ou ofuscando-lhe o brilho? Andando nos caminhos de Jesus ou de Satanás? Com meu testemunho estou atraindo almas a Jesus, ou afugentando-as? Responderemos um dia diante do Senhor pelo que estamos fazendo hoje ou deixamos de fazer.

            Somos POVO DO SENHOR. Comprados pelo PRECIOSO SANGUE DE JESUS para andarmos em SANTIDADE diante de Deus e dos homens. Santidade significa SEPARAÇÃO. Separação do pecado em todas as suas terríveis e sutis manifestações. Paulo diz em 1Tessalonicenses 4.7: "Pois Deus não nos chamou para a imundícia, mas em SANTIFICAÇÃO"; e em 2Timóteo 2.19: "Aparta-te da injustiça todo aquele que pronuncia o nome do Senhor". Deus nos quer sempre ao seu lado. Caminhar com Deus significa andar em amor, em paz, em alegria, em longanimidade, em benignidade, em bondade, em fidelidade, em mansidão, em domínio próprio. Andar com Deus define o rumo que estamos imprimindo à nossa vida; define a nossa esperança, que não nos envergonha; define a nossa atitude em face dos sistemas filosóficos ateus e materialistas; em face do surto de imoralidade que oprime o homem do século vinte e um; em face das crueldades praticadas por homens que se dizem crentes; em face da frouxidão disciplinar dentro das nossas igrejas; em face do mundanismo que invadiu a maior parte das nossas igrejas; em face da tendência diabólica de relegar a Bíblia para plano de apenas um dos grandes livros, nunca, entretanto a Palavra de Deus, viva e eficaz e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes...; em face do movimento que fazer concessões à Pessoa de Jesus, chamando de grande profeta, grande filósofo, grande Mestre; em face das penas eternas, tidas por muitos como exageros da Bíblia ou figuras de linguagem; em face do medo que muitos guardam em seus corações a respeito da grande bênção que Deus tem para cada crente de revestimento de poder do Espírito Santo para as atividades do Reino do Senhor; em face, finalmente, da volta de Jesus a este mundo, para julgar vivos e mortos. Está o meu amado irmão, andando em santidade e amor, como filho do grande Rei?

            Deus disse a Salomão: "Se o meu povo..." Note bem a partícula "SE". Indica, em primeiro lugar possibilidade desse povo afastar-se do seu AMO e PROTETOR, pelos desvios do orgulho, da falta de oração, não buscando a face do Senhor e permanecendo em pecados. Então, embora sendo POVO DE DEUS, ficará privado das bênçãos do Senhor, não por culpa de Deus (Isaías 59.1-4). Em segundo lugar, o "SE" aponta o caminho de retorno a Deus. Seja qual for a distância em que nos encontrarmos do Senhor, podemos voltar. A porta é sempre essa: ""SE" (que expressa  voluntariedade de nossa parte), que dá acesso às bênçãos: a) humilhar, b) orar, c) buscar a face de Deus, d) converter-se dos maus caminhos.

            Você irmão, professou sua fé em Jesus um dia; andou durante muito tempo nas veredas justas e santas do Senhor; estava em alegria com o povo de Deus, louvando o Senhor na casa de oração; trabalhou para o Senhor; chegou mesmo a sofrer por Jesus... Atora... agora... você se afastou; está nos atalhos de vícios e profanações; nos desvios de amargura e tristeza e ressentimentos, em desunião... talvez em coisas mais graves... pode voltar... Deus o espera com a mesma solicitude, e muito mais do que o Pai esperou o filho pródigo. É tempo de voltar... volte a unir-se à grande família dos santos, ao Povo Escolhido do Senhor, para andar em novidade de vida diante dos homens e diante de Deus... "Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra". (Fonte: Livro II CRÔNICAS 7.14, do Pr. Eneas Tognini)

ESTUDO BÍBLICO

segunda 24 janeiro 2011 19:21 , em ESTUDOS BÍBLICOS



1 Fan

Nenhum comentário ESTUDO BÍBLICO 2CRÔNICAS 7.14



Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (107.20.91.81) para se identificar     



Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para so-jesus-salva

Precisa estar conectado para adicionar so-jesus-salva para os seus amigos

 
Criar um blog